fbpx

Pioneirismo no miolo de amêndoa para exportação

Fábrica amêndoa Migdaldo
Em 2015, a Migdalo avançou para a construção da primeira unidade de processamento de amêndoa de casca dura mediterrânica em Ferreira do Alentejo.

“Em 2015, a Migdalo avançou para a construção da primeira unidade de processamento de amêndoa de casca dura mediterrânica em Ferreira do Alentejo, para processar a sua amêndoa e a amêndoa comprada aos produtores da região. Esta unidade, que abriu em 2016, recorre a equipamentos modernos e tecnologia de ponta, permitindo obter amêndoas que se destacam pela sua qualidade superior.

O miolo de amêndoa da Migdalo é escoado, sobretudo, para o mercado europeu a granel, representando cerca de 80 por cento das vendas. O mercado nacional representa cerca de 20 por cento da amêndoa comercializada. Para o futuro a Migdalo tem planos para continuar o seu crescimento em duas vertentes: continuar a expansão faseada de área própria de pomares de amêndoa para além dos 175 hectares atuais, e aumentar a capacidade instalada na unidade industrial bem como a tecnologia empregue no processo, de forma a poder dar resposta ao aumento da procura por parte dos seus clientes e melhorar a qualidade e segurança alimentar dos produtos. ”

In revista Portugal Global do AICEP

Mais Notícias

As amendoeiras em flor dão que falar numa reportagem da RTP, que faz um panorama da amêndoa no Alentejo e aprofunda o tema nas instalações da Migdalo.
Constituída em 2015 e instalada no Parque das Empresas em Ferreira do Alentejo, a Migdalo quer ser um parceiro forte na fileira da amêndoa em Portugal.